Usando Software gratuito para melhorar as nossas habilidades

Existem muitas razões óbvias pelas quais o software gratuito é bom para nós, tal como a possibilidade de escolha, o preço e os direitos de autor. Adicionalmente, existem outras razões, mas mais abstractas que também devem ser consideradas. O software gratuito deve ser utilizado para adquirir habilidades profissionais e pessoais.
Considerem o software mais genérico e comum que usam no dia a dia. Estas soluções genéricas não oferecem resistência à sua utilização, mas dão-nos uma visão mais abrangente do que realmente precisamos, e às vezes uma solução mais especializada é precisa. Que melhor forma para experimentar outras ferramentas e outras técnicas que usar software gratuito?
Para um problema particular, existem dezenas, senão centenas, de opções por onde experimentar. Um maior numero de opções não nos leva com certeza a uma melhor experiência educacional nem a uma melhor solução. No entanto, enquanto vamos testando essas novas opções e ferramentas, estamos a pesquisar, a experimentar e no processo, a desenvolver habilidades fundamentais de aprendizagem.
Enquanto procuramos por um software em particular, em primeiro lugar, temos que identificar o problema que desejamos resolver. Após identificado o problema, pesquisamos pelas soluções existentes e seleccionamos quais vamos experimentar. Experimentamos todos da mesma forma e comparamos os resultados para identificar qual o que se adapta melhor às nossas necessidades. Decidimos se já encontrámos a nossa solução ou se precisamos de repetir todo o processo, alterando os métodos e/ou o software escolhido. Finalmente, publicaremos os resultados com as nossas conclusões.
Estes passos dificilmente se assemelham aos métodos científicos, mas estão presentes os passos básicos para a investigação e ganho de conhecimento. No final, obtemos sabedoria e experiência que são melhores que qualquer opinião cega e sem apoio.
Ás vezes, deparamo-nos com uma área que não possui a solução correcta para as nossas necessidades, e no entanto temos uma ideia sólida do que poderia funcionar. Usando ferramentas livres, documentação e o apoio da comunidade, poderemos construir o nosso próprio software usando os nossos conhecimentos adquiridos pelo nosso interesse e necessidades. Ao libertar o software ao publico, estaremos a partilhar conhecimento e experiência.

Se estamos a preencher uma lacuna existente, encontraremos outras pessoas na comunidade Open Source que partilham o nosso interesse e querem ajudar. Iremos trabalhar com diversas pessoas que têm a sua personalidade, cada qual diferente, fazendo com que a experiência seja ainda melhor. Trabalharemos em grupo, permitindo adquirir capacidade de adaptação, onde iremos encontrar diversidades de opiniões e aprender novas metodologias. Independentemente do sucesso do projecto,  o processo de colaboração por si só já valeu a pena, fornecendo novos conhecimentos e um grau de profissionalismo impossível de encontrar em mais algum lado.
O aspecto idealístico do crescimento pessoal do software gratuito é unico. Pode-se encontrar este tipo de potêncial em mais algum tipo de software? Estes caminhos teóricos para a metodologia ciêntifica, experiência, sabedoria, colaboração, altruísmo e profissionalismo não devem ser esquecidos.

In Free Software Magazine

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *